Sacerdotes naturais de Prados


Pe. João Gomes Salgado – “Aos 20-10-1725, o Pe. Ignácio de Vargas Queiroga batizou a João, filho leg° de João Gomes Salgado e Francisca de Morais. Foram padrinhos: Luiz Marques, morador no Rio das Mortes Pequeno. – O Vigário Joseph Pacheco Pereira de Vasconcelos” (Assento registrado na Freg.ª de N.ª S.ª do Pilar, da Vila de São João del-Rei, às fls. 54 – era o batizado neto paterno de João Gomes e Maria Simões, nascidos no Bispado do Vizeu; e neto materno de Luiz Marques das Neves, natural do Bispado do Porto e Maria Morais Raposo, nat. E bat. Na Sé de São Paulo, conforme processo de habilitação “de gênere”, na Cúria de Mariana.

Pe. João de Resende Costa – “Aos 2-XI-1727, Baptizei e pus os santos óleos a JOAM, filho legítimo de João de Rezende e de Elena Maria, sua mulher. Foram padrinhos Miguel da Costa Pereira e Maria Poderosa, molher de Joam Alvares Preto, todos desta Freguesia. E para constar, fiz este assento era ut supra. O Vigário – Joseph Pacheco Pereira. (do livro 3° de Baptismos da Paróquia de Prados, fls. 2 verso).”

“Aos 16-02-1729, baptizei e pus os santos oleos a JOÃO (mais tarde: FREI JOÃO PEDRO DE SANTA PERPÉTUA), filho legítimo de Luiz Pinto da Costa e Perpétua de Oliveira. Foram padrinhos: Manoel Martins e Ana da Cunha. – O Vigário, Joseph Pacheco Pereira.” (de fls. 13 do 3° Livro de Batismos de Prados).

Pe. José Alves Pretto – “Aos 01-12-1732, na Capela de Santo Antônio da Lagoa Dourada, Freguesia de N. S. da Conceição dos Prados, o Pe. Antônio de Almeida Vasconcelos batizou a José, filho leg° de José Alves Pretto e Maria Pedrosa de Morais, esta natural de São Paulo e ele de Santa Maria das Ressaquinhas, Arcebispado de Braga, moradores na Aplicação da Lagoa Dourada. Neto paterno de João Pretto e Anna Alves, e materno de Guilherme de Oliveira Lara e Mariana de Leão Camargos, aqueles portugueses e estes naturais de São Paulo. Foram padrinhos João da Costa Vilas Boas e Joana Garcia, mulher de João Martins Mendonça. – O vigário Nicolau Tavares.” (Extraído do processo de ordenação, existente no arquivo da Cúria de Mariana).

Pe. Agostinho Pereira de Mello – “Aos 07-08-1734, baptizei e pus os santos oleos a AGOSTINHO, filho legítimo de Cristóvão Pereira de Melo, natural de Portugal e de Tereza de Sousa Caldas, da Freguesia de S. Gonçalo de Macacu, recôncavo do Rio de Janeiro. Foram padrinhos Francisco José Freire e Rosa Maria, casada com José Martins Santos, da Freguesia de São Joseph.” (de fls.66 do Livro de Batismos de Prados).

Pe. Gabriel da Costa Resente – “Aos 27-01-1738, por impedimento do vigário desta Matriz de Prados, Manoel da Encarnação Justiniano, e de sua licença, nesta dita matriz, baptizei e pus os santos oleos a GABRIEL, filho legítimo de João de Resende Costa e sua mulher Elena Maria, moradores no Caranday desta Freguesia dos Prados. Foram padrinhos João Pereira de Carvalho, morador no Cajuru da Freguesia de N. S. do Pillar da Villa de Sam Jioão de El-Rei e Luiza da Costa Ferreira, desta Freguesia dos Prados, mulher do Ten. Joam da Costa Pais, por comiçam do dito reverendo Vigário; e para constar fiz êste termo que assigno dia mês e anno ut supra. (a) padre Manoel Gomes da Costa.” (de fls.131 verso do livro 3° de Batismos de Prados).

Pe. João Gonçalves de Moura – “Aos 02/06/1738, baptizei e pus os santos óleos a JOÃO, filho legítimo de João Gonçalves de Moura, nat. De Portugal e de Maria Genebra, de Prados. Foram padrinhos João Glz. Chaves e Úrsula Maria, todos desta. – O Vig° Manoel da Encarnação Justiniano.” (de fls.145v. do Livro de Batismos da Paróquia de Prados).

Pe. Francisco Ferreira da Cunha – “Aos 18-08-1739, batizei a FRANCISCO, filho de Lourenço Ferreira e Úrsula Maria, o qual se tinha batizado em casa. Padrinhos: João Gonçalves Chaves e Rosa Maria de Beça, mulher de Luiz Marques Fonseca. (a) O Vig° Manoel da Encarnação Justiniano.” (de fls. 172 do 3° Livro de Batismo). – Em 1790 estava em Ouro Preto, como capelão dos presos da então Vila Rica.

Pe. Antônio Rodrigues Dantas – “Aos 04-05-1740, batizei e pus os santos oleos a ANTÔNIO , filho Leg° do Cap. Bernardo Roiz Dantas e de Catarina ª Xavier, desta Freguesia. Padrinhos: João Rodrigues Dantas e Rita de Jesus Xavier, mulher de José Veloso do Carmo, da Fregª de S. Joséph. – O Vig° Manoel da Encarnação Justiniano. No 4° Livro, fls. se acha o do teor acima que eu o trasladei fielmente do Livro a que me reporto. O Coadjutor João Glz. de Moura.” (de Fls.8 verso do Liv° de Suplementos da Fregª de Prados).

Pe. Joaquim Lopes de Oliveira – “Aos 19-10-1741, o Pe. D. Bento Joaquim de Santana baptizou e pôs os santos oleos a JOAQUIM, filho legítimo de Manoel João de Oliveira, nat. de Portugal e Anna Lopes Chaves, de S. Paulo. Padrinhos: Maria de Souza Caldas mulher de Manoel Dias Ladeira. – O Vig°. Marcus Freire de Carvalho.” (de fls. 44 do livro de Batismos de Prados).

Pe. Cypriano José da Costa – Nas fls. 44 verso se acha um do teor seguinte: “Aos 23-10-1741, nesta Matriz de N.S. da Conceição dos Prados, batizou o Rev°. Pe. Veríssimo de Souza Rocha a CYPRIANO, f° leg° de Luiz Pinto da Costa e Perpétua de Oliveira. Padrinhos: João de Freitas Soares e Ana da Cunha Oliveira. – O Vig° Marcus Freire de Carvalho.”

Pe. José Rodrigues de Sousa – “Em 07-08-1741, na Capela de São Brás da Ressaca, batizei e pus os santos óleos a JOSÉ, filho legítimo de José Rodrigues de Souza e sua mulher Anna Maria do Pillar, naturais da Ilha Terceira e moradores nesta Freguesia dos Prados. Foram padrinhos e Ajudante Domingos Dias Vieira e Anna do Prado, sua mulher, da Freguesia dos Carijós. O vigário João Carvalho de Abreu.” (de fls. 26v. do Livro de Suplementos de Prados).

Pe. João Teixeira Alves (ordenado em 1765) – “Em 30-04-1742, batizei e pus os santos óleos a JOÃO, infante, filho legítimo de Pedro Teixeira Nogueira e Tereza Maria do Santo Antônio, sua mulher. Foram padrinhos Pedro Bernardes Paulino, da Freguesia de S. José e Úrsula Maria, mulher de Lourenço Ferreira, desta Freguesia, de que fiz este assento era ut supra. O Vigário Marcus Freire de Carvalho. E o trasladei fielmente do Livro 4°, fls. 49. O Coadjutor João Glz. de Moura, em o Livro de Suplemento.”

Pe. Manoel Rodrigues Dantas – “Aos 28-09-1742, o Pe. Marcos Freire de Carvalho baptizou a MANOEL, filho legítimo de Bernardo Roiz Dantas e Catharina de Assunção Xavier. Foi padrinho o seu tio Domingos Rodrigues Dantas.”

Pe. José Joaquim de Santana – “Aos 23-09-1744, o Rev. D. Bento Joaquim de Santana baptizou a JOSEPH, inocente, filho legítimo de Manoel João de Oliveira e Anna Lopes Chaves, de que fui padrinho e Maria da Conceição, mulher de João Glz. Serra, da Freguesia de São José. – O Vigário Marcos Freire de Carvalho.” (de fls. 80 do Livro de Batismos de Prados).

Pe. Joseph Gonçalves Pôça – “Aos 15-04-1748 – nesta Matriz de Nossa Senhora da Conceição dos Prados, o Rev. Vigário dela – João Carneiro de Barros – batizou solenemente e pôs os santos óleos a JOSEPH, filho legítimo do Alferes Antônio Glz. Pôça e de sua mulher Maria de Souza do Espírito Santo, fregueses da dita matriz. Foi padrinho somente o Capitam Joseph Viçoso, casado nesta dita matriz, adonde também é morador; e para constar fiz este assento que assino dia, mês e ano ut supra. O Coadjutor Manoel Gomes da Costa.” (de fls. 126 do Livro de Batismos da Paróquia de Prados.)

“Aos 31-01-1748, na Capela da Lagoa Dourada, filial da Matriz dos Prados, o Rev. Manoel de Souza Ribeiro batizou a MATEUS (depois PADRE MATEUS JOSÉ DE MACENEDO), filho legítimo de Mateus José de Macenedo e de Quitéria Ferreira. Foram padrinhos Amaro de Freitas e Miguel Luiz Pereira. Era neto materno de Manoel Ferreira Braga e Maria Vieira. O Coadjutor Manoel Gomes da Costa.”

Pe. João de Mello Costa – “Aos 29-10-1749, o Vig°. Jerônimo de Souza Barbosa baptizou a JOAM, filho legítimo de Manoel de Mello Pereira e Clara Maria de Jesus. Foram padrinhos o Pe. João Carneiro de Barros e Antônia Maria, mulher de Manoel Martins Nogueira, da Freguesia de S. Joseph. (a) o coadjutor Antônio Nunes.” (de fls. 157 do Livro de Batismos).

Pe. José Ferreira da Cunha – “Aos 18-10-1750, o Vigário Jerônimo de Souza Barbosa batizou a JOSÉ, filho legítimo de Lourenço Ferreira, natural de Portugal e de Ursula Maria, de Prados. Padrinho: o Cap. José Viçoso. (a) o coadjutor Antônio Nunes.” (de fls. 165, do livro de Batismos de Prados).

Pe. José Gomes de Oliveira – Em 1750: - era nascido em Prados, JOSÉ, filho de Miguel Gomes Oliveira, nat. de Braga e Córdula das Virgens, nascida em Congonhas do Campo. Neto paterno de João Gomes e Anna de Oliveira, de Braga; e neto materno de Antônio Pereira Fonseca, de Lisboa; e Maria do Amaral, natural de N. S. da Candelária do Rio de Janeiro.

Pe. José Antônio da Silva Resende – “Aos 18-08-1750, na Capela da Lagoa Dourada, o Pe. Manoel de Souza ribeiro baptizou a JOSÉ, filho de José Antônio da Silva e Maria Elena de Jesus. Foram padrinhos João de Resende, solteiro, e Helena Maria, mulher de João de Resende, todos desta Freguesia. – O Coadjutor Antônio Nunes.” (de fls. 167, do Livro de Batismos de Prados).

Vigário Pe. Narciso Ferreira da Cunha – “Aos 16-12-1755, nesta Paroquial Igreja de Nossa Senhora da Conceição dos Prados, baptizei solenemente e pus os santos óleos a NARCISO, filho legítimo de Lourenço Ferreira, natural da Freguesia de Nossa Senhora das Neves da Vila de Angéia, Bispado de Coimbra, e de sua mulher Úrsula Maria de Oliveira, natural desta freguesia dos Prados; neto pela parte paterna de Domingos Ferreira e sua mulher Domingas Dias, naturais da dita Vila de Angéia; e pela materna, neto de Luiz Gonçalves Gaya, natural da Villa Nova de Gaya, Bispado do Porto e de sua mulher Anna da Cunha de Oliveira, natural da cidade de Sam Paulo. Foram padrinhos o licenciado Francisco José Freire, solteiro e morador na Villa de Sam Paulo del – Rey, e Leonor da Assunção, mulher de Francisco Rodrigues Goulart, moradores estes e os pais do batizado neste Arrayal dos Prados. E para constar fiz este assento que assinei dia era ut supra. – O Vigário Manoel Martins de Carvalho.” (de fls. 248 verso do Livro 4° de Batismos de Prados).

Pe. Manoel Paulino Pimenta de Almeida – “Aos 07-08-1758, na Capela de Nossa Senhora da Glória da Ressaca, Filial de Prados, o Rev° Manoel Goz. Viana, batizou a MANOEL, filho legítimo de João Pacheco Pimenta, natural da Ilha de São Miguel, e de Rita Maria de Jesus, natural da Ilha do Pico. Neto paterno de Manoel Pacheco Pimenta e Izabel de Almeida, e neto materno do Alferes Diogo Pereira e Tereza Josefa. Foram padrinhos: Manoel Pacheco Pimenta, viandante, solteiro e Rosália Maria de Jesus, mulher de José Garcia Silveira, moradores em Prados. – O Coadjutor João de Resende Costa.” (de fls. 293v. Livro de Batismos).

Pe. João Garcia da Silveira – “Aos 15-10-1758, na Capela da Ressaca, batizei a JOÃO, filho de Joseph Garcia, natural de N. S. das Angústias, da Ilha do Fayal e sua mulher Rosália Maria de Jesus, natural da Freguesia de Madalena, na Ilha do Pico; neto paterno de Joseph Garcia Duarte e Joana da Silveira, da dita Freguesia, é materno de Diogo Pereira e Tereza Joseph, da Ilha do Pico, todos do bispado de Angra. Foram padrinhos: Diogo Pereira, avô do neto, e Rita Maria de Jesus, mulher de João Pacheco Pimenta, todos moradores nesta. O Coadjutor João de Resende Costa.” (de fls. 295v. do Livro de Batismos de Prados).

Pe. Antônio Francisco Pennafort – “Aos 21-01-1761, na Capela do Livramento, o Rev. Manoel Gomes da Costa batizou a ANTÔNIO, filho legítimo de João Francisco da Silva e Quitéria Assunção. Neto paterno de Francisco João e Izabel de Lima, e materno de Thadea Gonçalves Penna. Padrinhos: Antônio dos Santos, casado, e Maria de São João, mulher de José Pereira de Andrade, moradores nesta Freguesia. O Vig° Manoel Martins de Carvalho.” (Thadea Glz. Penna deve ter sido batizada entre 1709 / 1710. Era filha de Antônio Glz. Penna e Benta Correira).

Pe. Julião Antônio da Silva Resende – “Aos 12-10-1764, nasceu e a 29, foi batizado na Capela de Lagoa Dourada, pelo Pe. João de Resende Costa, JULIÃO, filho legítimo do Cap. José Antônio da Silva e Maria Elena de Jesus. Foram padrinhos o Rev° Manoel Martins de Carvalho e Tereza Maria de Jesus, moradores nesta Freguesia dos Prados. – O Coadjutor João Glz. de Moura.” (de fls. 263 do Livro de Aditamentos da Paróquia de Prados).

Pe. Antônio Ribeiro de Resende – (Habilitado “de gênere” em 1794, na Cúria de Mariana). “Aos 03-06-1769, nasceu e a 14-06-1769, na Capela de Santo Antônio da Lagoa Dourada, filial desta Matriz dos Prados, postos os santos óleos, foi por mim batizado ANTÔNIO, filho legítimo de Severino Ribeiro, natural do Bispado de Lisboa, e de Josefa Maria de Resende, natural da Freguesia de Nossa Senhora da Conceição dos Prados, deste Bispado de Mariana; neto paterno de Estevam Ribeiro e Leonor Maria; e materno de João de Resende e Elena Maria. Padrinhos: - o Cap. Antônio de Araújo Braga, por procuração que fez ao Rev°. João de Resende Costa, e Elena Maria. – O Vigário Manoel Martins de Carvalho.” (de fls. 85 do Livro 5° de Batismos de Prados).

Pe. Severino José da Silva Moura – “Aos 13-12-1772, na Capela da Ressaca, Filial da Matriz de Nossa Senhora da Conceição dos Prados, o Pe. Antônio da Silva Santos batizou e pôs os santos óleos a SEVERINO, filho legítimo de joaquim Ferreira da Silva, português, e de Francisca Angélica de Moura, de Prados. Neto paterno de Matias Ferreira da Silva e Rosa da Silva; neto materno do Furriel João de Moura, português, a Izabel Anastácia de Almeida, natural e batizada na freguesia de Nossa Senhora da Assunção do Caminho do Mato do Rio de Janeiro, Bispado de Mariana. Foram padrinhos o Furriel João de Moura e Josefa Maria de Resende, mulher do Cap. Severino Ribeiro, por procuração que dele apresentou o Cap. Francisco Ferreira da Silva. Declaro que Severino nasceu aos 13 do mês acima dito e foi batizado aos 30 do mesmo mês. O Coadjutor Luiz Martins Roque.” (do livro 6°, fls. 147v.).

Pe. Antônio Rodrigues Chaves – “Aos 28-02-1775, na Capela de Santo Antônio da Lagoa Dourada, Filial da Matriz dos Prados, o coadjutor Gabriel da Costa Resende batizou e pôs os santos óleos a ANTÔNIO, filho legítimo de André Rodrigues Chaves, da Comarca de Chaves, Arcebispado de Braga, e de Gertrudes Joaquina da Silva, natural da Freguesia da Piedade da Borda do Campo, bispado de Mariana; neto paterno de Domingos de Alvares e Maria Rodrigues; e materno de Thomaz da Silva, de Lisboa, a Valentina de Matos, de Nossa Senhora do Desterro do Campo Grande, no Rio de Janeiro. Padrinhos: - O Rev°. Lourenço Pinto Barbosa e Anna, solteira, filha de Valentina de Matos, da Freguesia da Borda do Campo. O Coadjutor Manoel de Almeida.” (de fls. 57 do Livro de Batismos de Prados).

Pe. João Rodrigues de Mello – “Aos 29-02-1778 – nasceu e a 09-03-1778, postos os santos óleos, foi por mim batizado JOÃO, filho legítimo de Joseph Rodrigues de Oliveira e Joanna Paula – pardos forros. Foram padrinhos o Ten. Julião da Costa Resende e Ana Paula, avó materna do batizado, todos moradores na dita Freguesia dos Prados. E para constar fiz este assento que assignei. – O Vigário Manoel Martins de Carvalho.” (de fls. 260 do Livro 6° de Batismos de Prados).

Pe. João Antônio de Barros – “Aos 21-08-1779, o Rev° Antônio da Silva Santos batizou na Capela da Ressaca, Filial da matriz dos Prados, a JOÃO, filho legítimo de Luiz Antônio de Barros, natural do Bispado do Porto e Josefa Maria do Nascimento, natural do Bispado do Porto e Josefa Maria do Nascimento, natural da Borda do Campo; neto paterno de Antônio Barros e Micaela Clara; e materno de Luiz da Costa Silva e Páscoa da Silveira Gomes. Padrinhos: João de Mura e Francisca Angélica de Moura. O Coadjutor Cipriano José da Costa.” (de fls. 125v. do Livro de Batismos de Prados).

Pe. Miguel Francisco da Silva – “Aos 16-06-1781 – na Capela do Livramento, o Rev° João de Melo Costa batizou solenemente e pôs os santos óleos a MIGUEL, filho legítimo de José Francisco da Silva e de Joaquina de Santo Antônio. Foram padrinhos Miguel Leal Coelho e sua mulher Josefa Rosa de Jesus, todos desta Freguesia dos Prados. O Pe. João de Mello Costa.” (extraído do processo de ordenação existente no arquivo da Cúria de Mariana).

Pe. Gonçalo Ferreira da Fonseca – “Aos 09-05-1782, na Capela de Nossa Senhora da Lapa dos Olhos d’água, Filial da Matriz dos Prados, o Rev. Joaquim Costa Nunes batizou a GONÇALLO, filho do Capitão João Ferreira da Fonseca e Anna Jacinta da Conceição. Neto paterno do Cap. João Ferreira da Fonseca e Maria da Conceição, naturais da Ilha Terceira, e materno, de Francisco Borges do Rêgo, natural da Ilha do Fayal, e de Luiza Inácia da Conceição, da Ilha Terceira. O pai é natural da Freguesia de Sto. Antônio de Itaberaba e a mãe, de Congonhas do Campo. Foi padrinho o Dr. Gonçallo Teixeira de Carvalho, todos moradores na Freguesia dos Prados. O Vigário Manoel Martins de Carvalho.” (de fls. 182 do Livro de Batismos de Prados).

Pe. João Coelho de Meirelles – “Aos 15-02-1783, nasceu e a 24 do mesmo mês, me foi apresentado para fazer os exorcismos, e pôr, como efeito, pus os santos óleos somente, por vir batizado por Tereza Gonçalves de Moura, em necessidade, a quem inquiri e achei ter validamente conferido o batismo, sem lhe ficar dúvida alguma, JOÃO, filho legítimo do Capitão João de Meirelles Coelho, natural e batizado na Freguesia de S. João das Covas, Arcebispado de Braga, e Dona Maria Gonçalves de Moura, natural e batizada na Freguesia de Prados. Neto paterno de Manoel Meirelles e Maria Coelho, e materno de João Glz. de Moura, natural do Arcebispado de Braga e Maria Genebra, de Prados. Testemunhas: o Alferes Manoel Lobo de Castro, da Freguesia de Santo Antônio da Vila de São José e Anna Gonçalves, mulher do Tenente Julião da Costa Resende. O Vigário Manoel M. Carvalho.” (de fls. 190v do Livro 6° de Batismos de Prados).

Pe. Fabiano Dias Ladeira – “Aos 30-01-1785 – batizei a FABIANO, filho de João Dias Ladeira e Maria Josefa de Santa Eufrázia. Foram padrinhos o Alferes Antônio José de Matos e Anna Assunção, solteiros, esta filha de Catarina A . Xavier. O Coadjutor Manoel Paulino Pimenta de Almeida.” (de fls. 223, do Livro de Batismos de Prados). Pe. Fabiano foi o 1° vigário encomendado de Santo Antônio do Amparo, em 1833.

Pe. Francisco de Paula Pinto Resende – “Aos 25-12-1788 – na Ermida do Cel. Severino Ribeiro, Filial da Matriz de Prados, foi batizado FRANCISCO, filho de Elias Antônio da Silva Resende e Ana de Jesus Goes Lara. Neto paterno do Cap. José Antônio da Silva e Maria Elena de Jesus e materno de Francisco Pinto Rodrigues, português, e Ana Maria Bernarda, da Vila de São José.

Pe. José Dias Ferreira – “Aos 02-02-1790 nesta Matriz de Nossa Senhora da Conceição de Prados batizei a JOSÉ, filho legítimo de Pascoal Dias Netto e Rosa Maria Ferreira. Foram padrinhos: José Glz. Montes, viúvo e Maria Rosa Boaventura, fª de Salvador Coelho. – (a) o coadjutor João Glz. de Moura.”

Pe. Camilo de Lelis Nogueira – “Aos 20-01-1804, na Capela de Olhos d’água, filial da Matriz de Prados, o Capelão José Gomes Rodrigues batizou a CAMILO, exposto em casa do Cap. Manoel Gonçalves Cintra. Padrinhos: o dito Capitão e Maria Clara, solteira, todos desta Freguesia. O vigário José Glz. Torres (de fls. 49 do Livro de Batismos)”. Conforme informação prestada em 26-03-1835, constante do processo de ordenação, na Cúria de Mariana, pelo Vigário de Prados, o ordinando era pardo, filho natural de Mariana; neto materno de Manoel Alves e Antônio Cardosa.

Pe. Pedro Ribeiro de Resende – “Aos 08-07-1804, na Ermida da Cachoeira, Aplicação da Lagoa Dourada, Filial de Prados, o Rev° Antônio Ribeiro de Resende batizou a PEDRO, filho do Capitão Geraldo Ribeiro de Resende e Esméria Josquina de Mendonça. Foram padrinhos o Rev° Joaquim Cláudio de Mendonça, por procuração apresentada pelo Alferes João Ribeiro de Resende, e Josefa Maria de Resende. O Vig°. José Glz. Torres.” (de fls. 273, verso, do Livro de Batismos).

Pe. José Pinto Ribeiro – “Aos 20-06-1811, na Capela de Olhos d’água, Filial da Matriz de Prados, o Rev° José Antônio da Silva Leão batizou a JOSÉ, filho legítimo de José Pinto Ribeiro e Joana Maria Beralda. Padrinhos: Gervásio Pereira Alvim e Tereza Maria de Jesus. O Vig°. José Glz. Torres.” Seus pais se casaram em 30-07-1810. Era neto paterno de Melchior Ribeiro Pinto e Tereza Maria de Jesus, de Prados; e neto materno de Teodolina, natural de Congonhas.

Pe. Joaquim Rodrigues de Mello – “Aos 17-04-1812, na Capela da Lagoa Dourada, Filial da matriz de Prados, o Capelão Mateus José de Macenedo batizou e pôs os santos óleos a JOAQUIM, exposto em casa de José da Silva Malta. Padrinho o mesmo, por procuração do padre João Roiz de Mello e Bernardina Rosa, por procuração de Ana Constância. Para constar fiz este assento. O Vig° José Glz. Torres.” (de fls. 36 do Livro de Batismos). Era filho natural de Generosa Maria da Encarnação, de Prados. Neto materno de Florinda de tal, desta Freguesia, conforme atestou o Vig° Felisberto Roiz Millagres, no processo de habilitação “de gênere” existente na Cúria de Mariana.”

Pe. Júlio Pedro da Silva – “Aos 03-09-1814, o Pe. João Luiz Coelho batizou a JÜLIO, filho legítimo de Antônio Pedro da Silva e Justa Maria, pardos. Padrinhos: o batizante e Albina Joaquina da Silva. Neto paterno de Antônio Pedro da Silva, aliás, José Pedro da Silva e Clara Maria, do Curral del-Rei. Neto materno de Balthazar Teixeira de Carvalho e Tereza Maria, de Prados.”

Pe. José Maria Correia Pamplona – “Aos 10-08-1794, na Ermida do Mendanha, o Rev° Pe. Mateus José de Macenedo batizou e pôs os santos óleos a JOSÉ, exposto em casa do Mestre de Campo Ignácio Correia Pamplona. Padrinhos: o Mestre de Campo e Bernardina Francisca de Paula. O Vigário José Glz. Torres.”

Pe. Francisco da Anunciação Teixeira Coelho – “Aos 22-02-1816, foi batizado na matriz de Prados, FRANCISCO, exposto em casa de D. Hypólita Jacinta de Mello. Foram padrinhos: Antônio Francisco Teixeira Coelho e Delfina do Amor Divino. O batizante: Pe. Francisco Rodrigues Fortes.”

Pe. João Rodrigues de Mello – “aos 07-01-1824, o Rev° Antônio Roiz Chaves batizou a JOÃO, nascido em 03-01-1824, filho natural de Anna Cândida Rodrigues. Padrinhos: João Joaquim, da Vila de S. João e Anna Constância de Paula. – O Coadjutor João Roiz de Mello.”

Pe. Ignácio Correia Pamplona – “Aos 13-02-1824, batismo de IGNÁCIO, filho natural de Senhorinha Cândida Rodrigues. Padrinhos: João Joaquim Correia e Anna Constância de Paula. O Coadjutor João Roiz de Mello.” (de fls. 93 do 8° Livro de Batismos de Prados).

Cônego Vigário Pe. Francisco de Paula Gonçalves – “Aos 05-07-1824 nasceu e a 13-07-1824, nesta matriz de Prados, o Rev° João de Mello Costa Batizou solenemente e pôs os santos óleos a FRANCISCO, inocente, filho legítimo de Francisco Joaquim de Assis (batizado em 1798, exposto em casa de Pascoal Dias Neto) e de Francisca de Paula Gonçalves, filha legítima de Manoel Gonçalves da Silva e Maria Tereza de Jesus, todos naturais e batizados nesta supra dita Freguesia de Prados. Neto materno dos ditos Manoel Gonçalves da Silva e Maria Tereza. Foram padrinhos o Capitão João Lopes de Oliveira e a dita Maria Tereza, todos desta mesma Freguesia. E para constar, mandei fazer este assento que assinei “era ut supra”. O Coadjutor João Roiz de Mello.” (de fls. 80 do 8° Livro de Batismos da Paróquia de Prados).

Pe. João Batista de Moura – “Aos 11-11-1825, batizei a JOÃO, filho legítimo de Fortunato Glz. de Moura e Claudina Maria de Jesus. Foram padrinhos: Caetano José do Livramento e sua mulher Maria Felizarda. O Coadjutor João Roiz de Mello.” (o batizando era neto materno de Albina Maria Rosa).

Pe. Luiz André Gomes – “Em 1906, nasceu Luiz, filho legítimo de José André Gomes e Clarinda Gomes.”

Pe. Adelmo Ferreira da Silva – “Aos 02-11-1926, nasceu Adelmo, filho legítimo de Leôncio Ferreira da Silva e de D. Rosa P. da Silva.”

Pe. Antônio dos Santos – “Aos 20-12-1928, nasceu em Prados, Antônio, filho de José Pedro dos Santos, da Lagoa Dourada, e Geny Vale, de Prados. Neto pelo lado paterno de Manoel Batista Silvva e Josefina Dionísia de Souza; e do lado materno, de Juscelino Rodrigues Valle e Maria Celestina de Souza.”

Pe. Geraldo Martins Lisbôa – “Aos 04-02-1939, nasceu Geraldo Filho de José Martins Lisboa e Gabriela Amélia de Souza. Neto paterno de Antônio Martins Lisboa e Maria Clara da Conceição. Neto materno de Antônio Firmino de Souza e Minelvina Maria de Souza.”

Pe. José Belmiro Melo – “Aos 10-01-1943, nasceu José, filho de José Belmiro de Melo e Anna Ferreira Rodrigues. Neto paterno de Belmiro Rodrigues de Mello e materno de José Ferreira Rodrigues.”

Pe. Claudir Possa Trindade – “Aos 12-10-1958, nasceu a 19-12-1958 foi batizado CLAUDIR, filho de Miguel da Trindade e de Elzi Possa. Padrinhos: Edmar Trindade e Zilda Possa. – O Vig° Pe. Assis.”

Pe. José Roberto Vale Silva – “Aos 18-04-1959, nasceu e a 26-04-1959 foi batizado José Roberto, filho de José Silva Filho e Dirce Vale e Silva. Foram padrinhos: Itamar Silva e Diva Vale Silva. – O Vigário Pe. Assis.”

Pe. Édio Joaquim Moreira do Nascimento – “Aos 23-03-1969, nasceu e aos 05-04-1969 foi batizado Édio Joaquim, filho de Jair Andrade Moreira do Nascimento e Leni Maria do Nascimento. Foram padrinhos: Manuel Francisco de Freitas e Maria do Livramento Freitas. – O Vigário Mons. Francisco Eduardo de Assis. 

Compartilhe esta página:

Paróquia de Prados nas redes sociais

         

Paróquia de Nossa Senhora da Conceição de Prados

Rua Prof. Antônio Américo, 05 - Centro - Cx. Postal 36 - Prados / MG - CEP: 36320-000

(32) 3353-6253            paroquia@portalvertentes.com.br

desenvolvido por IMINAS.com